Entre o quadro e a quadra 190 artigo(s) cadastrado(s)
Voltar

O estrangulamento do futebol

Dia desses escrevi sobre a divulgação feita pelo Cruzeiro de que a "rua" fora incluída no seu treinamento da base. Agora o Santos divulga o retorno da forca para treinar o cabeceio no futebol. O que falta ressuscitar? Sejamos coerentes: nem a "rua" e nem a "forca"!; nem a "pedagogia da rua", nem a "pedagogia do cone"! Nada disso representa novidades no futebol. Honestamente, não dá para se calar diante de tamanha pobreza de ideias. Quando um grande clube do futebol brasileiro divulgará que a sua metodologia de treino é futebol, nem mais nem menos; de que se treina jogando e que se joga para aprender a jogar cada vez melhor?

Enquanto o Santos anuncia a volta da forca e enfatiza que seus treinadores têm "aplicado bastante atividades assim", e "os atletas gostam bastante", Joan Vilá, diretor de metodologia da base do Barcelona divulgou que ensinar os jogadores menores a decidir é prioridade:



“Temos que aprender a olhar antes de receber a bola. Nós dedicamos muitíssimo tempo com nossas equipes menores a isso. É comum quando as equipes fazem círculos (são jogos de 4x1, por exemplo, semelhantes ao nosso "bobinho", mas que podem ser realizados com desenhos e de modos diversos) nos treinamentos que as limitemos e os treinadores digam: agora vamos jogar a um toque ou a dois. O ideal é que o jogador saiba se tem que jogar com dois ou cinco toques em função do que ocorre ao seu redor. Primeiro olho, logo decido e, por fim, executo, mas isso é muito importante: decido antes de receber a bola, não depois" (tradução livre) 

Qual metodologia estaria mais afinada com o futebol: a que usa a forca ou a que usa o jogo?


Evidentemente que não acredito que treinar no Santos é executar exclusivamente, de forma repetitiva e descontextualizada, os fundamentos do futebol. Mas, segundo as palavras de um dos seus treinadores, é fazer isso em larga medida.



A forca é um instrumento de estrangulamento. A vítima é o futebol brasileiro.

Assinatura Wilton Santana
Enviar para amigo

Enviar

para um amigo

Adicionar um comentário

Comentar

adicionar comentário

Todos comentários

0 comentário(s) cadastrado(s)

Publicidade

Ensinando futsal para crianças 1 p
70 Contextos P
Ensinando 2

Parceiros

Enviar para um amigo

Remetente

Destinatário